Linha do Tempo

1990 – Manoel Souza constrói o primeiro, o Santa Clara I, com 13m de comprimento por 3,35m de largura. Inicialmente pensado para a pesca no inverno, o Santa Clara também era utilizado no verão para o turismo até 1992. Esta embarcação era composta por dois tripulantes, sendo um o capitão e um marinheiro e transportava no máximo 48 passageiros.

1994 – Iniciou-se a construção de um barco maior em Itajaí (SC), Santa Clara II, ficando pronto em 1998.

1995 - Após dois anos dedicados apenas à pesca, o Santa Clara I foi totalmente modificado para trabalhar exclusivamente com o turismo em Canasvieiras, Norte da Ilha, trabalhando com dois tripulantes e transportando 48 passageiros.

1998 - O Santa Clara I foi vendido e o Santa Clara II começou sua atuação em Florianópolis com quatro tripulantes: capitão e três marinheiros. O Santa Clara II tinha capacidade para 100 passageiros e media 16,60m por 5m de largura, que continuou com o trabalho que há tantos anos a família Souza iniciou, transporte de passageiros para as Ilhas de Anhatomirim, baía dos golfinhos e ilha do Francês.

2005 – Surge o sonho do Barco Pérola Negra. Deu-se início novamente em Itajaí a construção de um novo barco, com estilo pirata, medindo 25m de comprimento por 7,30m de largura. Com capacidade para 200 passageiros, quatro tripulantes e contando com um grande diferencial, uma equipe de animação muito bem preparada para atuar a bordo. O maior barco pirata de Canasvieiras, o Pérola Negra, contava com o trabalho de três excelentes piratas, Jack Spera, Bugra e Hector- o bucaneiro fantasma.

2007 – 2008 – O Pérola Negra chega em Canasvieiras e continua com o mesmo trajeto dos barcos de anos anteriores. No ano de 2009, inovou-se com outro roteiro. Desde então o barco Pérola Negra vem fazendo o mesmo trajeto, que teve uma aceitação muito positiva junto aos turistas, que optam por conhecer praias costeiras do norte da Ilha e fazer parte de um passeio inesquecível a bordo do maior e mais emocionante barco pirata de Canasvieiras.

2013 – O Santa Clara II passa por uma reforma e toma forma de um barco Pirata.

2014 - Chega em Canasvieiras, totalmente transformado e com capacidade para 130 passageiros, o Santa Clara II passando a se chamar Velas Negras.

2017 - O Pérola Negra ganha um novo personagem:
Otto, o Grego, guardião do tridente de Poseidon.

Receba dicas e promoções no seu e-mail